Vida Saudável #11 - Os problemas das fibras em excesso

22:37

    Estava eu numa aula de química quando se falou sobre este assunto. Fiquei bastante curiosa, até porque não me havia passado pela cabeça antes, confesso, e portanto fui pesquisar mais um bocadinho. Talvez ande a abusar um pouco nas fibras sem sequer ter noção disso, mas pior do que isso é não ingerir a quantidade de água suficiente. Como muitos de vocês podem estar exatamente na mesma situação decidi fazer um post sobre este mesmo assunto.

    Então, a fibra não faz bem à nossa saúde? Sim, de facto faz e é um componente essencial. Como não são digeridas pelo organismo, são automaticamente expulsas (apesar de antes nos terem dado a sensação de saciedade) ajudando a amaciar as fezes, por assim dizer, o que ajudará no combate à prisão de ventre. Podemos encontrar fibras nas frutas, nos vegetais, nas leguminosas, mas também em muitos produtos comercializados, nomeadamente nos cereais integrais, como por exemplo cereais ricos em farinha de trigo integral, as sementes de linhaça, a aveia, etc. Existem 2 tipos de fibras: as solúveis (presentes nas maçãs, por exemplo) que formam uma espécie de gel que nos irá conferir a sensação de saciedade, contribuindo para a diminuição da absorção de açúcares e colesterol e as insolúveis (presentes nos vegetais) que são as tais que vão estimular os movimentos peristálticos do nosso intestino, melhorando assim o seu funcionamento.

    Com o boom da alimentação saudável este tipo de produtos depressa se tornou popular, mas consumido em excesso pode causar problemas à nossa saúde, nomeadamente o facto de comprometer a absorção de ferro, cálcio e zinco e ainda provocar prisão de ventre, caso a ingestão de água não seja proporcional à quantidade de fibras ingerida.

    É certo que as fibras são sem dúvida um excelente recurso e de maneira nenhuma devem ser abolidas da nossa alimentação, mas a verdade é que é preciso ter cuidado com as quantidades, como em tudo. O recomendado é a ingestão de cerca de 25 a 30 gramas por dia, corresponderá a três peças de fruta e três partes de vegetais, por exemplo.

    É de ressalvar a importância da água que deve estar sempre correlacionada com este grupo alimentar para que assim estas não fiquem acumuladas nos nossos intestinos provocando exatamente o efeito oposto do pretendido, a obstrução.

Nota: Eu não tenho qualquer formação nesta área, apesar de ter um grande interesse pela mesma. Todas estas informações foram obtidas através do cruzamento de dados de uma pequena investigação que realizei pela internet.

You Might Also Like

6 comentários

  1. Pois, sempre ouvi dizer que tudo o que é em excesso faz mal!
    Eu tenho tentado beber mais agua, pois bebo muito pouca, so quando tenho sede. Mas é dificil!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. adorei o post super informativo, por favor continua com este tipo de temas :)
    claro que em doses exageradas tudo acaba por fazer mal e a água tem de estar sempre presente
    beijinhos

    http://umacolherdearroz.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. É como se costuma dizer: tudo em exagero faz mal, não é verdade? :)

    R: Aww, estou sem palavras para o teu comentário! É tão bom ler estas coisas. Deixa-me agradecer-te por todas as palavras que me dirigiste, este tipo de feedback é-me sempre muito especial. Obrigado mesmo!

    ResponderEliminar
  4. Tudo o que é em excesso faz mal :)

    http://thesunnysideoflifeblog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. R. eu vou mandar vir. Vives onde? Se viveres em Lisboa ou arredores, eu mando vir para ti também e assim dividimos os portes. Depois encontramo-nos num sitio qqr para eu te dar a latinha! :)

    ResponderEliminar

Partilha a tua opinião e as tuas dúvidas



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...