O "irmão gémeo" da Terra

22:17

    Sou estudante do curso de ciências e tecnologias e cada vez gosto mais da minha área. Assim sendo quando a minha mãe me falou desta notícia fiquei logo entusiasmadíssima e fui pesquisar um pouco mais.
    Chamam-lhe o irmão gémeo da Terra, mas o verdadeiro nome deste planeta é Kepler 452b. Devido à distância a que está da estrela que orbita, que é em muito semelhante ao Sol, são criadas condições de temperatura ideias para a possível existência de água. Este planeta é muito mais antigo do que a Terra pelo que terá tempo suficiente para que possa existir vida. É claro que isto não está confirmado, aliás pouco se sabe com certeza, uma vez que se trata de uma descoberta muito recente. Ainda não se sabe se se trata de um planeta gasoso ou rochoso, mas no caso de ser rochoso o mais provável é que lá a gravidade seja o dobro da da Terra o que traria muitas dificuldades no caso de haver uma possível mudança para lá (o que só aconteceria quando a tecnologia avançar muito pois este planeta encontra-se a uma distância de 1400 anos-luz da Terra). Para verem mais informações e lerem a notícia cliquem aqui.
    Algo que me deixou bastante chocada foi ler alguns comentários à notícia. As pessoas continuam a achar que esta se trata de uma descoberta insignificante e que serve apenas como gasto de recursos, que se deve investir este dinheiro tentando criar soluções para os problemas da Terra aka cancro e coisas do género. Sim, é verdade que é necessária investigação nessas áreas, mas não é por isso que se vai inferiorizar as outras. Conhecermos um pouco mais do que quer que seja nunca pode ter mau resultado, antes pelo contrário. O conhecimento é o que de mais importante o ser humano pode possuir em qualquer área que seja. Quanto a mim, acho que conhecer o Universo é sem dúvida alguma importante, tal como tentarmos arranjar soluções para as mais variadas doenças. Mas é esse o propósito da ciência, conhecermos o máximo que conseguirmos sobre aquilo que for possível e o que nos parecer impossível torná-lo possível.
    Eu fiz um trabalho de grupo para Filosofia mais ou menos sobre este tema e adorei. Acho que o facto de ser um tema tão importante para nós e que nos interessou se refletiu na forma como fizemos o trabalho e acabamos por ter muito boa nota, por isso eu podia estar aqui dias a falar sobre ciência e a forma como a maior parte das pessoas não entende que não há necessariamente maior importância nem menor em certas áreas e outros problemas relacionados, mas ficaria muito longo e provavelmente seria demasiado maçador para vocês. No entanto gostava que refletissem sobre o assunto, porque acho que é muito importante.




You Might Also Like

1 comentários

Partilha a tua opinião e as tuas dúvidas



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...