Choro sem saber o porquê

19:08

    Choro sem compreender o porquê do meu choro. É como se algo superior me obrigasse a fazê-lo. Apesar de me aliviar da sensação de vazio e de todas as outras sensações negativas que tenho dentro de mim, não consigo evitar deixar de me sentir mal por fazê-lo.
    Não me parece fiel chorar sem motivo aparente. Talvez seja por tudo ou talvez seja por nada, mas uma verdadeira razão eu não tenho. Não vou inventar uma apenas para me tentar sentir "aliviada". Isso nunca aconteceria porque apesar de tudo a minha consciência não deixou de funcionar. Enganar-nos a nós próprios é algo que para mim é inconcebível.

    Não consigo sequer explicar devidamente tudo aquilo que sinto. Odeio essa sensação, odeio quando nem eu própria consigo entender-me.
    Ultimamente é como se não me reconhecesse, é como se andasse à procura de mim mesma sem saber sequer onde começar a procurar.
    Imaginem uma gruta, daquelas rochosas à beira-mar. Essa gruta sou eu, apesar de parecer completa por fora, por dentro está vazia, à espera que o mar a encha, à espera que algo a faça sentir completa. Está à espera que algo a ajude a encontrar-se.
    Apesar de tudo existem algumas diferenças entre mim e a gruta. Eu não quero que alguém ou algo me ajude a percorrer o meu caminho, esse caminho tem de ser percorrido por mim, só eu é que me posso encontrar, só eu posso fazer isto por mim, ninguém me pode ajudar a não ser eu mesma.

You Might Also Like

0 comentários

Partilha a tua opinião e as tuas dúvidas



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...